Branqueamento Dentes

Tendo dentes amarelos não hesite – vá fazer um branqueamento dentes. Clarear os dentes melhorará a imagem que tem de si próprio devolvendo à sua boca um sorriso de dentes brancos.

Razões para fazer um Branqueamento Dentes

O sentir-se bem consigo mesmo é primordial. A impressão que temos de nós mesmos condiciona  a nossa confiança e o modo como agimos socialmente e nos relacionamos. Isto sem referir a influência que também tem sobre os outros a nossa própria imagem.

Hoje em dia não há celebridade que não tenha o seu sorriso branco. Para ter um sorriso assim, claro está, tem que ter dentes brancos. O tempo, o tabaco, o café, contribuem para amarelecer os nossos dentes, que nessa cor, hoje em dia chegam a ser alvo de desdenho pela sociedade.

Branquear os dentes é visto como um cuidado mais que higiénico, uma preocupação do foro da estética, com efeitos determinantes na sua imagem Portanto, o branqueamento de dentes, embora seja uma decisão absolutamente pessoal, deve ser ponderado perante o enquadramento que temos ou pretendemos ter em termos sociais.

Branqueamento dentário é fácil e barato

No nosso quotidiano apreendemos alguns hábitos e rotinas que nos dão segurança e prazer, no entanto alguns deles prejudicam a brancura dos nossos dentes. É o caso do tabaco e da ingestão de café, responsáveis pelo amarelecimento dos dentes.

Depois de termos os dentes amarelos não chega interromper os hábitos prejudiciais. Não basta deixarmos o café e o tabaco. A situação só pode ser revertida por um branqueamento dentário que elimine o amarelo dos dentes e as manchas, devolvendo-lhes o branco original, ou se quisermos, uma brancura que nunca sequer tivemos.

Clarear os dentes

O branqueamento pode ser realizado utilizando um moldeira para aplicação de gel de branqueamento. O gel penetra no interior dos dentes e embranquece-os ao fim de algumas aplicações. Nas clínicas dentárias usa-se um método que se começou a designar de branqueamento dental a laser, mas que não envolve qualquer laser, mas sim uma luz, que acelera os efeitos do gel.

Gel de Branqueamento Dentes

Existem no mercado um sem número de geles de branqueamento. Não que o produto em si seja muito diferente, mas são muitas as marcas comercializadas e se juntarmos a isso ainda o facto de serem comercializados com várias concentrações, ficamos com uma diversidade de ofertas que nem sempre são fáceis de valorar e de escolher. A concentração do peróxido de hidrogénio, ou do peróxido de carbamida determina o grau de brancura com que vamos ficar, se bem que esta influência não é absoluta, pois podemos controlar também o grau de brancura pelo número de aplicações que realizamos com o gel branqueador. Quando ficarmos satisfeitos com o grau de brancura, terminamos o processo.

Nos Estados Unidos, é costume usar-se concentrações mais elevadas, pois os americanos querem resultados mais determinantes. Tanta brancura muita vez é exagerada. Um Gel de branqueamento dentário com uma concentração de 35% já é bastante poderoso para os nossos padrões europeus. Se para si acha demais, tem concentrações inferiores, como o gel de branqueamento dentário de 22%.